Lala Ismerim » Arquivo

Hoje volto com mais um post de Roma! Vou mostrar um pouco do que fiz no meu segundo dia na cidade. E se você ainda não viu os posts anteriores é só clicar aqui e aqui.

Já falei como amei essa cidade?! Acho que voltaria mil vezes pra Roma! Amei aquele lugar, amei a atmosfera! Mesmo estando bem quente e empoeirado fiquei com vontade de ficar mais dias e de voltar.

Coliseu_01

COLISEU (Colosseo)

Em 72 d.C. o imperador Vespasiano empreendeu a construção do maior anfiteatro do mundo romano, no local de um lago pertencente ao palácio imperial de Nero. Vespasiano acabou falecendo antes da obra ser concluída e no ano 80, seu filho e sucessor, Tito inaugurou a obra que levou o nome de sua família, sendo chamado de Anfiteatro Flaviano. A festividade de inauguração do Coliseu durou 100 dias e foram mortos 5.000 animais. Aliás, foi somente na Idade Média que o lugar ganhou o nome de Coliseu, provavelmente por sua proximidade à colossal estátua de Nero.

O edifício apresenta uma forma elíptica, sua fachada possuía 50 metros de altura, era inteiramente feita em travertino e atualmente só existe cerca de dois terços dela. O anfiteatro comportava mais de 70.000 pessoas, acomodadas sentadas em bancos de mármore e madeira. A entrada era gratuita e os lugares eram atribuídos de acordo com a classe social.

O Coliseu sofreu inúmeras deteriorações ao longo dos anos em consequência de incêndios, tremores de terra e pilhagens. Mesmo assim conseguiu atravessar séculos e até hoje impressiona pela sua grandiosidade.

Coliseu_02

O lugar é realmente grandioso e impressionante de se ver. Apesar de ter sido um local onde muitas pessoas foram mortas para divertimento não tem uma energia pesada e vale muito a visita! Eu simplesmente adorei! Resolvemos ir pro Coliseu de ônibus. Compramos o bilhete em uma banca (tabacaria) que ficava na rua do hotel e pegamos o ônibus bem ali. Foi ótimo pois na ida passamos por vários monumentos e chegamos rapidinho (cerca de 10 a 15 minutos).

Esse foi mais um dos lugares que compramos o ingresso antecipado (mais uma vez para não pegar uma fila absurda). O lugar já estava bem cheio, mesmo assim a fila que pegamos para entrar estava andando, então não demoramos nada. Lá dentro tem uma lojinha que vende livros e souvenirs mas não vi água. O Coliseu é bem quente então leve água e um chapéu pois o sol é bem forte, principalmente no verão. Fora que tem umas escadas com o espelho bem alto, o que dificulta um pouco a subir. Só não vi se tinha acessibilidade para cadeirante ou pessoas com dificuldade de locomoção.

Coliseu_03

Endereço: Piazza del Colosseo, 1.

Como chegar: Da pra ir de taxi, ônibus ou metrô. Fui de ônibus. Peguei o ônibus na mesma rua do hotel e desci bem perto do Coliseu. O bilhete pro ônibus vende em tabacarias e sempre tem alguma perto dos pontos e custa 1,50 euros.

Preço: O bilhete custa 12 euros, comprando antecipado na internet tem uma taxa de conveniência de 4 euros. Vale para o Coliseu, Palatino e Fórum Romano e tem validade de dois dias.

Dica: Compre o ingresso antes de viajar pela internet para não pegar fila. Leve água e chapéu caso vá no verão. E vá de tênis ou um sapato bem confortável.

• • •

ArcodeConstantino

ARCO DE CONSTANTINO (Arco di Constantino)

O Arco de Constantino foi edificado pelo Senado como agradecimento pela vitória do imperador Constantino sobre o seu rival Mexêncio na batalha da ponte Milvius, em 312 d.C. Possui três arcos, um maior ladeado de dois menores, tendo um efeito de cor devido à utilização de mármores policromos. Com uma altura de aproximadamente 25 metros, largura de 25,7 metros e profundidade de 7,4 metros, é o maior monumento triunfal romano e o mais conservado.

Diferente de outros monumentos anteriores, no Arco de Constantino nem todas as peças foram feitas, grande parte dos seus baixos relevos foram retirados de monumentos mais antigos, da época de Trajano, de Adriano e de Marco Aurélio.

Saindo do Coliseu indo em direção ao Palatino e Fórum Romano se passa pelo Arco de Constantino. Não deixe esse lindo monumento passar despercebido. Sua melhor vista é do Coliseu e de lá nem da para perceber o quão grande ele é. Afinal perto do Coliseu ele se torna “pequeno”. Só pude perceber sua magnitude e beleza de detalhes ao passar pelo caminho de pedras ao lado dele. Essa outra área cercada que fica em frente e que só tem algumas ruínas de pedra era onde se encontrava a Meta Sudans, uma fonte de forma cônica, e que infelizmente foi destruída por Mussolini. E mais a frente onde ficava o Colosso de Nero, que não tem mais nada.

ArcodeConstantino_01

Endereço: Piazza del Colosseo, 1.

Como chegar: Do mesmo jeito que vai pro Coliseu, ambos ficam na mesma praça.

• • •

PalatinoForumRomano

PALATINO E FÓRUM ROMANO (Palatino e Foro Romanum)

O Palatino é uma das sete colinas de Roma e desempenhou um papel especial desde os tempos mais remotos. Segundo a lenda foi ali que a cidade de Roma foi fundada. No tempo da República a colina se tornou o lugar das residências das classes superiores e no período seguinte se tornou domicílio dos imperadores, como Tibério, Nero, os Flavianos e Séptmo Severo. Já o Fórum Romano era o centro da vida política, religiosa, comercial e jurídica da Roma antiga. Atualmente só sobraram ruínas dos dois lugares e se tornou um enorme museu a céu aberto.

Saímos do Coliseu e fomos em direção ao Palatino e Fórum Romano, passando antes pelo Arco de Constantino. Tivemos que pegar uma filinha para entrar mas que não demorou muito, acho que no máximo uns 20 minutos, porém foi no sol bem quente. Lá é enorme e infelizmente não tem muita informação, nem todo lugar tem placa. Então se quiser saber o que cada amontoado de pedra significa aconselho a procurar um mapa com antecedência e levar. Em alguns pontos tem um mapa de todo o complexo indicando onde você está, onde ficam os monumentos, banheiros e água potável. Mas nada melhor que um mapa impresso né, pelo menos eu prefiro.

Eu simplesmente amei o Palatino! Achei o clima muito gostoso! Apesar do sol forte tem umas áreas de jardins bem bonitas e outras com sombras que são bem gostosas de parar um pouco para descansar. Lá também tem fonte para encher as garrafinhas de água, que por sinal sempre estão cheias de turistas. Quem não bebe água da fonte tem alguns pontos de venda, mas são poucos. Lá também tem o Museu do Palatino que conta um pouco da história do lugar e não precisa pagar pra entrar.

Quando tiver no Fórum Romano não deixe de ir no Templo de Vênus e de Roma. De lá se tem uma bela vista do Coliseu e do Arco de Constantino. E no Palatino tem vários mirantes que da para ver diversos lugares da cidade. Vale muito a pena!

O complexo é muito grande. Se prepare para andar muito, subir e descer escadas e ladeiras, então vá com roupa e sapato bem confortável, leve água e um lanchinho. Para mim é um passeio imperdível e fiquei com muita vontade de voltar, dessa vez com um mapinha para poder entender um pouco melhor o que cada ruína já foi um dia.

PalatinoForumRomano_02

Endereço: Via della Salara Vecchia, 5/6.

Como chegar: Da pra ir de taxi, ônibus ou metrô. Como estava no Coliseu fui andando passando pela Via Sacra em direção à entrada.

Preço: É um bilhete único que serve pro Coliseu, Palatino e Fórum Romano, e custa 12 euros. Possui validade para dois dias mas só da direito a entrar uma vez em cada lugar.

Dica: Compre o ingresso antes de viajar pela internet para não pegar fila. Leve água e chapéu caso vá no verão. E vá de tênis ou um sapato bem confortável.

• • •

O ingresso do Coliseu serve também para o PalatinoFórum Romano. Fiz tudo no mesmo dia mas não aconselho a fazerem isso no verão. Como o ingresso vale para dois dias faria o Coliseu em um dia e aproveitaria para ver outras coisas menos cansativas no resto do tempo e deixaria o Palatino/Fórum Romano pro dia seguinte. Quando estávamos em Roma a cidade estava sofrendo com a falta de água e acabaram desligando algumas fontes. Esse foi o dia que encontramos menos fontes abertas e também foi o dia que pegamos mais sol. Consequentemente acabou sendo o dia mais cansativo.

Caso queira mesmo fazer tudo em um único dia, chegue cedo e faça o Coliseu pela manhã, almoce em algum lugar ali perto para descansar bastante e pela tarde faça o Palatino/Fórum Romano ou vice e versa. Eu até almocei em um restaurante legal por ali, comi uma massa bem gostosa mas acabei esquecendo de tirar foto e anotar o nome do lugar.

Ali por perto tem várias coisas interessantes para se ver e acabei nem olhando com calma pois estava bem cansada. E com o sol forte também eu só queria saber de sombra! hehehe… Ah! E vale muito voltar à noite para ver o Coliseu iluminado que é lindo!

Hoje volto com mais um post de Roma! Vou mostrar um pouco do que fiz no meu segundo dia na cidade. E se você ainda não viu os posts anteriores é só clicar aqui e aqui.

Já falei como amei essa cidade?! Acho que voltaria mil vezes pra Roma! Amei aquele lugar, amei a atmosfera! Mesmo estando bem quente e empoeirado fiquei com vontade de ficar mais dias e de voltar.

Coliseu_01

COLISEU (Colosseo)

Em 72 d.C. o imperador Vespasiano empreendeu a construção do maior anfiteatro do mundo romano, no local de um lago pertencente ao palácio imperial de Nero. Vespasiano acabou falecendo antes da obra ser concluída e no ano 80, seu filho e sucessor, Tito inaugurou a obra que levou o nome de sua família, sendo chamado de Anfiteatro Flaviano. A festividade de inauguração do Coliseu durou 100 dias e foram mortos 5.000 animais. Aliás, foi somente na Idade Média que o lugar ganhou o nome de Coliseu, provavelmente por sua proximidade à colossal estátua de Nero.

O edifício apresenta uma forma elíptica, sua fachada possuía 50 metros de altura, era inteiramente feita em travertino e atualmente só existe cerca de dois terços dela. O anfiteatro comportava mais de 70.000 pessoas, acomodadas sentadas em bancos de mármore e madeira. A entrada era gratuita e os lugares eram atribuídos de acordo com a classe social.

O Coliseu sofreu inúmeras deteriorações ao longo dos anos em consequência de incêndios, tremores de terra e pilhagens. Mesmo assim conseguiu atravessar séculos e até hoje impressiona pela sua grandiosidade.

Coliseu_02

O lugar é realmente grandioso e impressionante de se ver. Apesar de ter sido um local onde muitas pessoas foram mortas para divertimento não tem uma energia pesada e vale muito a visita! Eu simplesmente adorei! Resolvemos ir pro Coliseu de ônibus. Compramos o bilhete em uma banca (tabacaria) que ficava na rua do hotel e pegamos o ônibus bem ali. Foi ótimo pois na ida passamos por vários monumentos e chegamos rapidinho (cerca de 10 a 15 minutos).

Esse foi mais um dos lugares que compramos o ingresso antecipado (mais uma vez para não pegar uma fila absurda). O lugar já estava bem cheio, mesmo assim a fila que pegamos para entrar estava andando, então não demoramos nada. Lá dentro tem uma lojinha que vende livros e souvenirs mas não vi água. O Coliseu é bem quente então leve água e um chapéu pois o sol é bem forte, principalmente no verão. Fora que tem umas escadas com o espelho bem alto, o que dificulta um pouco a subir. Só não vi se tinha acessibilidade para cadeirante ou pessoas com dificuldade de locomoção.

Coliseu_03

Endereço: Piazza del Colosseo, 1.

Como chegar: Da pra ir de taxi, ônibus ou metrô. Fui de ônibus. Peguei o ônibus na mesma rua do hotel e desci bem perto do Coliseu. O bilhete pro ônibus vende em tabacarias e sempre tem alguma perto dos pontos e custa 1,50 euros.

Preço: O bilhete custa 12 euros, comprando antecipado na internet tem uma taxa de conveniência de 4 euros. Vale para o Coliseu, Palatino e Fórum Romano e tem validade de dois dias.

Dica: Compre o ingresso antes de viajar pela internet para não pegar fila. Leve água e chapéu caso vá no verão. E vá de tênis ou um sapato bem confortável.

• • •

ArcodeConstantino

ARCO DE CONSTANTINO (Arco di Constantino)

O Arco de Constantino foi edificado pelo Senado como agradecimento pela vitória do imperador Constantino sobre o seu rival Mexêncio na batalha da ponte Milvius, em 312 d.C. Possui três arcos, um maior ladeado de dois menores, tendo um efeito de cor devido à utilização de mármores policromos. Com uma altura de aproximadamente 25 metros, largura de 25,7 metros e profundidade de 7,4 metros, é o maior monumento triunfal romano e o mais conservado.

Diferente de outros monumentos anteriores, no Arco de Constantino nem todas as peças foram feitas, grande parte dos seus baixos relevos foram retirados de monumentos mais antigos, da época de Trajano, de Adriano e de Marco Aurélio.

Saindo do Coliseu indo em direção ao Palatino e Fórum Romano se passa pelo Arco de Constantino. Não deixe esse lindo monumento passar despercebido. Sua melhor vista é do Coliseu e de lá nem da para perceber o quão grande ele é. Afinal perto do Coliseu ele se torna “pequeno”. Só pude perceber sua magnitude e beleza de detalhes ao passar pelo caminho de pedras ao lado dele. Essa outra área cercada que fica em frente e que só tem algumas ruínas de pedra era onde se encontrava a Meta Sudans, uma fonte de forma cônica, e que infelizmente foi destruída por Mussolini. E mais a frente onde ficava o Colosso de Nero, que não tem mais nada.

ArcodeConstantino_01

Endereço: Piazza del Colosseo, 1.

Como chegar: Do mesmo jeito que vai pro Coliseu, ambos ficam na mesma praça.

• • •

PalatinoForumRomano

PALATINO E FÓRUM ROMANO (Palatino e Foro Romanum)

O Palatino é uma das sete colinas de Roma e desempenhou um papel especial desde os tempos mais remotos. Segundo a lenda foi ali que a cidade de Roma foi fundada. No tempo da República a colina se tornou o lugar das residências das classes superiores e no período seguinte se tornou domicílio dos imperadores, como Tibério, Nero, os Flavianos e Séptmo Severo. Já o Fórum Romano era o centro da vida política, religiosa, comercial e jurídica da Roma antiga. Atualmente só sobraram ruínas dos dois lugares e se tornou um enorme museu a céu aberto.

Saímos do Coliseu e fomos em direção ao Palatino e Fórum Romano, passando antes pelo Arco de Constantino. Tivemos que pegar uma filinha para entrar mas que não demorou muito, acho que no máximo uns 20 minutos, porém foi no sol bem quente. Lá é enorme e infelizmente não tem muita informação, nem todo lugar tem placa. Então se quiser saber o que cada amontoado de pedra significa aconselho a procurar um mapa com antecedência e levar. Em alguns pontos tem um mapa de todo o complexo indicando onde você está, onde ficam os monumentos, banheiros e água potável. Mas nada melhor que um mapa impresso né, pelo menos eu prefiro.

Eu simplesmente amei o Palatino! Achei o clima muito gostoso! Apesar do sol forte tem umas áreas de jardins bem bonitas e outras com sombras que são bem gostosas de parar um pouco para descansar. Lá também tem fonte para encher as garrafinhas de água, que por sinal sempre estão cheias de turistas. Quem não bebe água da fonte tem alguns pontos de venda, mas são poucos. Lá também tem o Museu do Palatino que conta um pouco da história do lugar e não precisa pagar pra entrar.

Quando tiver no Fórum Romano não deixe de ir no Templo de Vênus e de Roma. De lá se tem uma bela vista do Coliseu e do Arco de Constantino. E no Palatino tem vários mirantes que da para ver diversos lugares da cidade. Vale muito a pena!

O complexo é muito grande. Se prepare para andar muito, subir e descer escadas e ladeiras, então vá com roupa e sapato bem confortável, leve água e um lanchinho. Para mim é um passeio imperdível e fiquei com muita vontade de voltar, dessa vez com um mapinha para poder entender um pouco melhor o que cada ruína já foi um dia.

PalatinoForumRomano_02

Endereço: Via della Salara Vecchia, 5/6.

Como chegar: Da pra ir de taxi, ônibus ou metrô. Como estava no Coliseu fui andando passando pela Via Sacra em direção à entrada.

Preço: É um bilhete único que serve pro Coliseu, Palatino e Fórum Romano, e custa 12 euros. Possui validade para dois dias mas só da direito a entrar uma vez em cada lugar.

Dica: Compre o ingresso antes de viajar pela internet para não pegar fila. Leve água e chapéu caso vá no verão. E vá de tênis ou um sapato bem confortável.

• • •

O ingresso do Coliseu serve também para o PalatinoFórum Romano. Fiz tudo no mesmo dia mas não aconselho a fazerem isso no verão. Como o ingresso vale para dois dias faria o Coliseu em um dia e aproveitaria para ver outras coisas menos cansativas no resto do tempo e deixaria o Palatino/Fórum Romano pro dia seguinte. Quando estávamos em Roma a cidade estava sofrendo com a falta de água e acabaram desligando algumas fontes. Esse foi o dia que encontramos menos fontes abertas e também foi o dia que pegamos mais sol. Consequentemente acabou sendo o dia mais cansativo.

Caso queira mesmo fazer tudo em um único dia, chegue cedo e faça o Coliseu pela manhã, almoce em algum lugar ali perto para descansar bastante e pela tarde faça o Palatino/Fórum Romano ou vice e versa. Eu até almocei em um restaurante legal por ali, comi uma massa bem gostosa mas acabei esquecendo de tirar foto e anotar o nome do lugar.

Ali por perto tem várias coisas interessantes para se ver e acabei nem olhando com calma pois estava bem cansada. E com o sol forte também eu só queria saber de sombra! hehehe… Ah! E vale muito voltar à noite para ver o Coliseu iluminado que é lindo!





Comentários


Deixe seu comentário: